Mudança no Instagram

Instagram deixará de ser uma rede de compartilhamento de fotos.

De acordo com o head da plataforma, ela passa a ser uma rede social de entretenimento e vídeos.       

Você já deve ter reparado que, nas últimas semanas, nós postamos muitos conteúdos sobre o Instagram aqui no blog. Isso acontece por causa das constantes mudanças que vem ocorrendo no aplicativo.

Veja qual é a novidade da vez em relação a rede social.

Plataformas do momento

Novas redes sociais, como o TikTok e o Kawai, por exemplo, são criadas a todo momento. Por isso, as outras plataformas vêm desenvolvendo novas funcionalidades a fim de se destacar dos concorrentes virtuais.

O Instagram começou a investir em vídeos com o lançamento do IGTV, em 2018, para competir com os vídeos longos do YouTube. Depois, trouxe o Reels para competir com vídeos curtos do TikTok. Assim como o YouTube que lançou, recentemente, o Shorts, para entrar nessa disputa.

Mais mudanças no Instagram

Atualmente, o Instagram possui mais de 1.2 bilhão de usuários, sendo a terceira rede social mais usada no mundo. Mas o crescimento do TikTok, principal concorrente, é enorme, sendo o app mais baixado do mundo.

Por isso, na visão do head do Instagram, Adam Mosseri, a rede social não é mais um app para o compartilhamento de fotos.

No dia 30 de junho, ele publicou um vídeo na sua conta pessoal do Instagram falando sobre as novas apostas, mudanças e lançamentos que ocorreram na plataforma.

No vídeo, ele ainda diz que o Instagram será dividido em quatro campos: criadores de conteúdos, vídeos, compras e troca de mensagens, já que, pesquisas feitas pela empresa indicam que o usuário da rede social que “ser entretido”.

O que vem por aí

Ainda no vídeo, Mosseri disse que, nos próximos meses, será possível perceber mais espaços para recomendações. Ou seja, os usuários começarão a receber perfis e conteúdos de contas que não seguem. Assim como o TikTok faz com os vídeos.

Além disso, disse que o Instagram quer aumentar sua força focando em vídeos produzidos para mobile. Por isso, em breve, o aplicativo deve realizar testes e mostrar aos usuários vídeos em tela cheia no feed.

Ainda vale ressaltar os rumores recentes sobre os “Stories exclusivos”, como um OnlyFans, liberados apenas para quem pagar.

Sendo assim, que sabemos sobre essas mudanças são informações ainda muito vagas. Mas, o head do Instagram foi bem claro quando disse que a plataforma não quer ser mais vista como um aplicativo de fotos.

Por fim, ele completou a mensagem dizendo que esse é um objetivo de longo prazo e que, até que ele seja alcançado, muitas ações e mudanças serão percebidas pelos usuários.