Slow Content

Slow Content: o que é e como usar nas suas redes sociais.

Saiba mais sobre essa nova maneira de produção de conteúdos que foca na qualidade e não na quantidade.     

Em tempos em que tudo parece muito acelerado, o slow content vem de encontro a esse ritmo frenético na internet, priorizando a qualidade e não quantidade.

Com as redes sociais e plataformas digitais crescendo, parece que estamos sendo engolidos por conteúdos de todos os tipos. Por isso, você deve pensar: esse monte de informação é qualificada e faz a diferença?

Hoje, nós vamos mostrar pra você uma nova alternativa para uma rotina mais bem pensada para os conteúdos das suas redes sociais. 

O que é o slow content?

Baseado no movimento slow living, o slow content (conteúdo lento, em português) veio para tornar a produção dos conteúdos mais natural e criativo, priorizando a qualidade e relevância do que é postado.

Sendo assim, o objetivo dos criadores de conteúdo ou influencers muda de produzir mais para produzir melhores conteúdos para sua audiência. Ou seja, é preciso buscar temáticas que tenham relação com a personalidade e com o que realmente se deseja comunicar e não ser apenas um caçador de likes.

Por outro lado, o público receberá conteúdos mais ricos, relacionados com temas que gosta ou tem curiosidade e que possam, realmente, fazer a diferença na vida.

A internet nos dias de hoje

Segundo uma pesquisa feita pela Visual Capitalist, em 2020, a cada minuto 150 mil fotos foram postadas, 300 mil stories foram publicados e 40 milhões de mensagens foram enviadas.

Por causa dessa velocidade de informações e do mundo cada vez mais conectado, existe uma disputa muito grande pela atenção dos usuários. Sendo assim, conteudistas e influencers seguem a lógica de que, quanto mais publicações, mais chances de serem vistos e maior o engajamento do público.

Esse pensamento não é de todo errado. Porém, criar conteúdos sem planejamento e bombardear os seguidores com posts irrelevantes pode comprometer o desempenho das páginas e, até mesmo, a reputação da marca.

É por isso que o slow content é contra esse tipo de produção em massa de conteúdo. Ou seja, evitar postagens rasas e curtas que só trazem números superficiais e sem engajamento real.

Como fazer o slow content?

É possível evitar que a sua audiência fique saturada com uma infinidade de conteúdos enviados todos os dias e sem nenhuma relevância.

Primeiramente, você deve lembrar que um slow content deve fazer parte de um contexto, ser bem pesquisado, elaborado com cuidado e oferecer valor para quem o recebe.

Então, veja como fazer um slow content em 4 passos simples:

  1. Defina o tema principal dos seus conteúdos. Ele deve ser relacionado com a sua área de atuação e interesse dos seus seguidores.
  2. Pesquise, estude e reflita sobre os conteúdos que irá produzir. Use referências diferentes e explore livros, filmes, outros perfis, músicas etc. Dessa forma, você colocará mais personalidade em cada linha escrita.
  3. Faça um Storytelling sobre o tema escolhido e divida em conteúdos interessantes e informativos.
  4. Crie conteúdos que vão impactar de verdade o seu público. Não só nas redes sociais, mas, também, na vida e no dia a dia dele.

Agora que você já sabe quais são os passos para fazer um slow content de qualidade, colocá-lo em prática é bem simples:

Construa sua autoridade com posts inteligentes através da consistência e monte um cronograma de conteúdos para destrinchar o storytelling.

Enfim, você entendeu que o slow content é uma maneira muito interessante de se produzir conteúdos criativos e mais humanos.

Adicione esse tipo de produção em sua estratégia de marketing digital mesclando com as tendências que vão estourar em 2021.

Dessa maneira, você produzirá um trabalho com equilíbrio, mantendo seu padrão de qualidade alto em todos os conteúdos que produzir.