o que é marketing sensorial

Como o Marketing Sensorial pode ajudar a alavancar as suas vendas

Criatividade, personalização, experiências enriquecedoras, fidelização através de estímulos. Arriscamos dizer que esses são os melhores termos e os pilares do que constitui o Marketing Sensorial.

Você já parou para pensar que suas vendas podem ganhar um novo patamar simplesmente explorando os 5 sentidos humanos? Confira mais a seguir!

O que é Marketing Sensorial

Marketing Sensorial é quando você está andando numa rua, próximo à uma padaria, e sente um cheiro irresistível de pão que acabou de sair do forno. É quando você está em uma sala de espera em um local confortável e tem à sua disposição água, café ou mesmo um lanchinho enquanto aguarda a sua vez de ser atendido. Entendeu a sacada? Muitas vezes o Marketing Sensorial já pode estar fazendo parte da sua estratégia e você nem percebeu!

Mas você pode fazer mais. Seus clientes merecem mais. O Marketing Sensorial pode te ajudar, através dos estímulos certos, a chamar a atenção e a curiosidade da sua audiência. E não para por aí, ele também pode ser responsável por garantir que seu público tenha uma boa lembrança ao fechar um negócio com a sua empresa

E sabe por que tudo isso é importante? Porque cerca de 89% dos brasileiros afirmam que as experiências impactam nas suas decisões de compra. Por isso, para se destacar, ser relevante, é necessário criatividade e personalização. O foco não deve ser mais se restringir apenas ao visual, com a disposição dos produtos em uma gôndola ou exclusivamente pelo criativo de um anúncio. Uma vez que a experiência de compra do seu potencial cliente é mais intensa e complexa do que isso. 

Veja abaixo como o tato, olfato, paladar, visão e audição te possibilitam proporcionar uma experiência ainda mais genuína e diferenciada para os seus clientes:

Os 5 elementos sensoriais em vendas

Até aqui você apreendeu a necessidade de se inovar usando os 5 sentidos para garantir o alavancamento das suas vendas. No entanto, você pode estar com dúvidas sobre como, de fato, atingir esse objetivo, certo? Afinal, como conseguir despertar a vontade de compra através de estímulos? Como gerar impulso, necessidade, desejo, bem-estar nas pessoas de maneira inigualável e diferente para cada uma? Entenda melhor agora:  

Visão

A visão é um dos, se não o sentido mais importante de ser explorado. Até porque uma identidade visual forte e representativa é fundamental para chamar a atenção do público. E as cores, nesse caso, fazem total diferença. McDonald’s, Coca-Cola e Nubank são grandes exemplos disso. Não é à toa que muitos empreendedores dão foco especial para este tipo de estímulo.  

Mas você pode explorar a visão para além da identidade visual da sua marca. A beleza do seu empreendimento, seja física ou virtual, também conta bastante. Isso vale para a disposição dos móveis, vitrine, decoração, até a harmonização de posts no feed do seu Instagram. Afinal, a gente sabe o quanto o primeiro impacto, de tudo, faz uma baita diferença para a impressão que temos das coisas. 

Olfato

Você vai estar mentindo se disser que nunca tomou uma decisão baseada, exclusivamente, na emoção. Existem situações em que você nem precisa adquirir um produto/serviço, porém, se a memória afetiva é atingida, parece que se torna uma NECESSIDADE realizar a compra. E um dos sentidos do corpo humano que proporciona isso com total maestria é o olfato.

Imagina se o cliente compra uma camiseta na sua loja e nela vem um cheiro de frescor? Você ganha a pessoa não só pelo produto em si, mas pela experiência que você também proporciona para ela. E o resultado disso é a fidelização.

Pensar em aromas, fragrâncias, unidas a identidade visual da sua marca, geram uma representação e um posicionamento muito mais forte. São pequenas coisas, detalhes, que podem fazer seu público lembrar de você e não da sua concorrência.

Tato

Existem cenários, situações, que tocar no produto, sentir ele na pele, é imprescindível. O toque é muito importante para a pessoa entender melhor como o seu produto funciona

Além disso, permitir que o seu público veja com maior nitidez o que você oferece, através de fotos com alta qualidade, também é uma excelente estratégia. Sem contar que, se seu negócio conta com sala de espera, pensar em móveis que garantam melhor conforto, ergonomia e aconchego, permitirão que uma experiência até então “desagradável” e “incômoda” se torne mais satisfatória.    

Audição

Aproveitando o embalo da sala de espera, outro recurso que dá para ser adotado é o som ambiente. Já que uma vez conhecendo bem o seu público, você pode montar playlists específicas para eles. Claro que jingles também são bastante eficazes quando o assunto é Marketing Sensorial. Mas a ideia aqui é mostrar que o simples também gera resultados e que te ajuda a fortalecer o seu branding. 

Paladar

Quem não gosta de ser conquistado pelo estômago? Se você trabalha na área alimentícia, não pode ignorar o paladar como estímulo para o seu negócio. 

Se você atua em outro segmento, nada impede de você fazer um agrado para o seu cliente e enviar, junto com o seu produto, um bombom ou qualquer outro mimo para fazer um agrado. Vale lembrar também que a água ou o cafezinho que você oferece, nada mais é para enriquecer a experiência do seu cliente.

Por que o Marketing Sensorial mudou a maneira de vender?

O Marketing Sensorial mudou a maneira de vender desde o momento que as pessoas cansaram de ver mais do mesmo. Ninguém mais quer receber enxurradas de propagandas sem sentido. Agora o que conta é um atendimento personalizado, humanizado. Isto é, a atenção que se dá para todo o estágio de compra do seu público-alvo.

Ações comerciais diretas, práticas e funcionais trazem resultados padrões. Explorar o sentimental, o subjetivo é o que te possibilita sair da curva e gerar o tão impulso necessário para a realização da compra.

Benefícios de adotar a estratégia

Pessoas precisam de gatilhos para tomar suas decisões. E os gatilhos mentais são os mais poderosos. Quando o subjetivo é ativado gerando lembranças afetivas é praticamente impossível você não garantir a sua venda. 

O Marketing Sensorial te permite: 

  • Fazer com que os seus clientes não te vejam só como uma marca;
  • Criar relacionamento com o seu público;
  • Explorar a criatividade para te fazer sair do óbvio;
  • Fidelizar e encantar seus clientes, o que aumenta a propensão de indicação. 

Oficialmente convencido de que definitivamente você não pode abrir mão do Marketing Sensorial para o seu negócio? São os diferenciais que vão ficar no subconsciente do seu público. Sendo assim, explore-os! Nada mais compensador do que seu cliente lembrar de você em situações corriqueiras simplesmente por conta de um aroma que ele sentiu ou de uma música que ele ouviu. 

Vale lembrar que você pode explorar os 5 sentidos da maneira que achar mais estratégica e conveniente para o seu caso! São inúmeras possibilidades de teste!

Não deixe de conferir semanalmente nossos artigos para ficar por dentro do universo do Marketing Digital.