Storytelling

Storytelling: a arte de contar boas histórias.

Uma técnica para engajar e reforçar a mensagem de sua marca para o público.

Com certeza você já deve ter ouvido falar ou lido em algum lugar sobre o termo storytelling.

Com o aumento expressivo da quantidade de conteúdos à qual estamos submetidos 24 horas por dia, conquistar a atenção do público ficou ainda mais difícil. O básico já não é mais suficiente e é preciso apresentar um diferencial para a audiência, contando boas histórias.

É aqui que o storytelling entra.

O que é storytelling?

Em uma tradução livre, significa contar histórias. Mas, é preciso fazer isso de uma maneira interessante para prender a atenção de quem as ouve ou lê.

Quando usada em uma estratégia de marketing, esta técnica pode impulsionar o engajamento com o público e ajudar a reforçar a visão, missão e valores das marcas. Por isso, é preciso criar uma conexão emocional com o seu consumidor, para inspirá-lo e estimulá-lo a ficar cada vez mais próximo da sua marca.

Quanto mais interativo é o meio onde a sua história é contada, mais fácil de entreter e prender a atenção do público.

Nos últimos meses, devido a crise causada pela COVID-19, nós tivemos contato com inúmeros storytellings por conta do reposicionamento das marcas, que passaram a mostrar mais o seu lado humano e social através de histórias muito bem contadas, gerando maior identificação para com o público.

Elementos do storytelling

Seja qual for o contexto ou finalidade do storytelling, existem, pelo menos, 4 elementos básicos:

  1. Mensagem: são conteúdos que marcam e que são sempre lembrados;
  2. Ambiente: lugares interessantes e que, quando bem descritos, facilita a interação do público com a história;
  3. Personagem: é quem percorre a jornada e transmite a mensagem;
  4. Conflito: é o desafio que motiva o personagem a chegar até o fim de sua jornada.

Esses 4 elementos juntos, em eventos com começo, meio e fim, transmitem uma mensagem inesquecível e emocionam a audiência.

E, para que a sua história seja cativante a ponto de ficar na memória, você deve:

– Levar o seu público em uma jornada junto com o seu protagonista;
– Gerar uma identificação para o leitor;
– Despertar emoções;
– Seduzir a audiência;
– Ser criativo;
– Transmitir sensações positivas com o conteúdo.

Outro ponto importante para produzir um storytelling é a construção da jornada do herói, que consiste em 5 etapas:

  • Herói: é o seu público. É com ele que a sua audiência deve se identificar ao ver o seu storytelling. Por isso, você precisa conhecer o seu público e entender o comportamento dele.
  • Problema: todo herói tem um problema. Então, você deve entender as dores do seu público e definir qual problema será apresentado na sua história.
  • O mentor: é a sua marca, que vai resolver o problema do herói. Ou seja, o seu público tem que confiar na sua marca.
  • O plano: é o seu produto ou serviço que vai resolver o problema.
  • Solução: é a forma como sua marca vai atender essa necessidade. Aqui, é importante usar do apelo emocional de forma natural para agradar ao público.

Storytelling no Marketing de Conteúdo

O objetivo principal do storytelling no marketing de conteúdo não é apenas apresentar fatos simples sobre sua marca, produtos e serviços, mas, se conectar com sua audiência e envolve-la com informações valiosas que a transformará em novos clientes. 

Por isso, a história deve incorporar a essência da sua marca e permitir que o seu público visualize o contexto dela. Além disso, é importante incluir o que o público diz e ser acessível, para que ele se identifique.

Exemplos de Cases de Sucesso

ALWAYS: TIPO MENINA

A empresa Always utilizou o storytelling para criar uma de suas campanhas mais famosas.

A #LikeAGirl (#TipoMenina) é diferente da maioria dos comerciais de absorvente. Ela questiona a forma de como as mulheres são vistas na sociedade. A estratégia foi dar um novo sentido ao termo “como uma menina” e mostra a realidade de duas gerações de garotas: uma mais velha, que já passou pela puberdade e é atingida pelas regras da sociedade e uma mais nova, ainda criança, que age de forma natural.

GOOGLE SEARCH: REUNION

Nessa campanha do Google, um avô conta para a neta sobre seu amigo de infância, do qual foi separado por conta da divisão da Índia e do Paquistão. A garota, então, usa a ferramenta de pesquisa para encontrar esse amigo.  

O Google Search aparece de forma muito natural durante todo o vídeo e é uma maneira muito inteligente de inserir a marca sem ficar falando dela o tempo todo.

Por fim, contar boas histórias é a garantia de que você está produzindo um material único.

Com o avanço da tecnologia, a velocidade com que o público é impactado por conteúdos e a maneira de como interage com eles vem mudando e, por isso, entregar boas histórias é a melhor maneira de mantê-lo conectado e engajado.