Black Friday

Black Friday 2020: o que fazer para vender mais

Veja como planejar as suas ações e se prepare para a Black Friday

O ano passou “voando” e mais uma edição da Black Friday se aproxima.

Em 2020, ela acontecerá no dia 27 de novembro e traz uma boa expectativa de faturamento tanto para os negócios físicos, quanto para os online em Marketplace e E-commerce, por exemplo.

Com pouco mais de 2 meses para a data, agora é a hora de você se preparar para ela.

O que é a Black Friday?

Antes de mais nada, a Black Friday foi criada nos Estados Unidos, em 2005. Trata-se de uma mega ação de vendas para acabar com os estoques nas lojas.

Ela acontece na 4ª sexta-feira do mês de novembro, logo após o feriado de Ação de Graças e as ofertas e descontos chegam até a 70%.

É uma ótima oportunidade para os consumidores comprarem os presentes de Natal com um super desconto, por exemplo.

A Black Friday é interessante para todo tipo de segmento de varejo e serviços.

Você pode zerar o seu estoque vendendo diretamente para o consumidor final ou, se você vende para outras empresas, também pode fazer ofertas de seus serviços.

Por que pensar na Black Friday com antecedência?

Sabe aqueles vídeos que a gente vê pela internet das pessoas enlouquecidas nas lojas por causa das promoções da Black Friday?

Então, você não quer que isso aconteça com você, né?

PARA O SEU SITE:

É claro que nesse ano, por conta da pandemia, pode ser que o movimento das lojas seja menor. Por outro lado, o seu site, marketplace ou e-commerce vai bombar de visitas e compras.

Por isso, você deve verificar alguns itens do seu site, para que não aconteça nenhum problema para os seus usuários:

• Conheça a capacidade que a sua hospedagem tem, para que não aconteça quedas e quando houver o pico de visitas dos usuários;
• Deixe o seu site no formato HTTPS para que ele fique seguro para você e os usuários e seja bem aceito pelo Google.

COM OS SEUS PRODUTOS:

Além de alinhar o seu site, você consegue revisar e acertar o seu estoque, selecionando os produtos que estarão na Black Friday e designar a oferta e desconto para cada um deles, sem ter problemas em cima da hora.

COMPARATIVOS:

Adiantando o seu planejamento da Black Friday, você consegue analisar como foi o ano passado e fazer uma projeção do que espera para esse ano.

Não se esqueça que o cenário está diferente e que você deve levar mais em conta o meio digital.

ENTREGAS:

Esse fator é importantíssimo, principalmente para o consumidor.

Verifique como estão os seus contratos com transportadoras e correios para que todos os produtos sejam entregues dentro do prazo ou, caso aconteça algum extravio, você tenha autonomia e rapidez para resolver.

ATENDIMENTO AO CLIENTE:

Nós sempre falamos sobre o atendimento ao clientes aqui no blog e hoje não poderia ser diferente.

Tenha uma equipe preparada para atender rapidamente o cliente. Seja para dúvidas, comprar, reclamações, trocas. É uma época onde as compras giram rapidamente e o consumidor quer ser atendido na mesma velocidade.

A CAMPANHA:

Outro motivo do planejamento antecipado, é poder preparar a campanha e anúncios que serão feitos antes, durante e, por que não, depois da semana da promoção.

Aqui, você deve se concentrar com a sua equipe de marketing digital para planejar toda a campanha e escolher o que será mais atrativo para os eu público.

Esse planejamento demanda tempo e trabalho. Por isso, deve ser feito o quanto antes.

O que fazer nas suas ações?

Com o planejamento antecipado é possível adiantar várias fases das suas ações para a Black Friday. Você pode:

  1. Usar a sua base de leads e enviar e-mails interessantes sobre a sua Black Friday;
  2. Escolher quais os canais que você vai usar e criar posts e anúncios específicos das promoções. Não precisa substituir os seus conteúdos padrão, pode adicionar alguns exclusivos da Black Friday para gerar mais engajamento;
  3. E, por falar em posts, faça o impulsionamento deles para que alcance um público maior;
  4. Faça o planejamento do remarketing e retarketing para trazer de volta o interesse de quem entrou no seu site ou, até mesmo, encheu o carrinho e não finalizou a compra. Vale a pena enviar um lembrete!
  5. Defina uma verba interessante para essas ações de marketing. Não se esqueça que todo mundo está online: você, os consumidores e a concorrência;
  6. Crie uma Landing Page específica para a sua Black Friday. Assim, quando o cliente clicar no anúncio, será redirecionado até ela, o que deixará o caminho da compra mais rápido e mais fácil para ele e para você;
  7. Estenda algumas promoções para além da data da Black Friday. Alguns consumidores não conseguirão comprar no dia certo e ter essas promoções ainda válidas é garantia de vender mais;
  8. Facilite as formas de pagamento. Quanto mais fácil de pagar, mais chances de vender;
  9. Altere sua foto e capa nas redes sociais para avisar seus seguidores que entrará na promoção da Black Friday.

Cases de Sucesso para se inspirar.

A caixa surpresa – Magazine Luiza (2017)

A empresa anunciou caixas com preços diferentes para que as pessoas comprassem sem saber o que era. Cada valor correspondia a um produto diferente e havia apenas 90 de cada um. Foi uma maneira de instigar a curiosidade dos consumidores e fazê-los comprar.


Peças de todas as cores – Dafiti (2013)

A empresa criou ofertas para cada dia da semana da Black Friday separadas por cores:

White Monday: na segunda foram vendidas as peças brancas:
Blue Tuesday: na terça, peças azuis
Red Wednesday: na quarta, as vermelhas
Yellow Thursday: na quinta foi a vez das amarelas
Black Friday: na sexta, claro, foram as pretas.

A ação rendeu vendas durante e depois a semana da Black Friday.

Redes de Fast Food (2017)

Black Friday BK

O BK ofereceu em todas os seus combos um balde de batatas no lugar do tamanho médio mais a sua famosa maionese.

Black Friday McDonalds

O McDonald’s colocou refil de batata nos combos.

Black Friday KFC

E o KFC ofereceu baldes de frango frito em dobro.

Sport Friday – Netshoes (2013)

A empresa criou o Sport Friday que ofereceu itens com até 70% de desconto e a prestação de serviços de personalização dos produtos. A empresa dobrou o número de vendas para novos clientes e teve 60% mais tráfego no site do que em 2012.

Por fim, avalie as sugestões que deixamos para vocês ali em cima, veja qual se encaixa para o seu tipo de negócio e coloque-as em prática.

Se precisar de ajuda para planejar a sua campanha de Black Friday, fale com a gente.

A Polisenso é especialista em marketing digital e vai te ajudar a trazer os resultados esperados em qualquer campanha que você precise.